Entrada

Novidades do site

A Escola em fotos

Galeria de imagens

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

JOSÉ SÓCRATES

esgotou o futuro

 

Um primeiro-ministro que nesta altura do campeonato ainda defende que há uma grande diferença entre os que discordam dele e os que não concordam com ele…não merece continuar a ter funções governativas, ou seja, não merece ter futuro político!

 

Tenham lá santa paciência, mas não há forma de aturar tanta demagogia, tanta mentira e tanta falta de decoro… digamos mesmo, de educação para com a inteligência dos portugueses. Agora começo a perceber o estilo importado para a nossa terra por gente que nunca teve a coragem de se demarcar abertamente desta governação socretiana e preferiu viver à sombra do poder para ver onde isto ia parar. E vão ver… embora possa não lhes agradar…

José Sócrates está a tentar fazer de nós uma cambada de burros e de incapazes de perceber o discurso dos políticos, como se os políticos estivessem acima de todas as coisas, de todas as suspeitas… enfim, como se fossem uma espécie de deuses romanos que todos adoravam quando dava jeito e convinha esconder vergonhas dos outros deuses… não fosse o diabo tecê-las!

Mas os falsos deuses acabam todos no cadafalso, qualquer que seja a forma, o conteúdo ou o mito de semelhante artefacto. É aí que vai acabar José Sócrates, no cadafalso do povo português, o culto e o menos culto, o trabalhador e o menos trabalhador, o oportunista e o menos oportunista!

Por isso, José Sócrates só pode ter um destino: ficar só.

Ficar só a aturar os ministros incompetentes e absurdos que sustentou quatro anos e meio; ficar só a meditar nas mentiras que disfarçou de verdades em toda esta sua governação; ficar só quando olhar para o lado e constatar que a cambada de ratos que alimentou se esgueirou para a toca mais próxima à espera da primeira oportunidade para ganhar coragem, pôr a cabeça de fora e gritar… eu não fui… eu não fui!

Mas aí aparecerão certamente os professores, os enfermeiros, os polícias de várias cores, os agricultores, os pescadores, os médicos defensores do serviço nacional de saúde, os juízes, os escritores, poetas, escultores e pintores que não servem o regime do compadrio, os jornalistas despedidos e amordaçados, os desempregados dos negócios que são da china à moda portuguesa, os comerciantes, os industriais, os jovens e os velhos e até me parece que alguns daqueles que agora andam a afogar ainda mais este primeiro ministro sem rumo com negócios de milhões… aí estarão, estaremos, todos, com um cacete na mão, tipo moca de Rio maior transformada em voto para dizer ainda mais alto: não voltas a passar por aqui!

E este nobre raticida será a bênção do país, mesmo que não seja a sua cura. Mas funciona, disso podem ter a certeza.

F. Lopes, 14 de Setembro de 2009 

 
Copyright © 2019 Resistir no Nordeste. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre sob licença GNU/GPL.
 

Mensagens

 

ENTRUDO

2017

 

28 DE FEVEREIRO

ALFÂNDEGA DA FÉ

As fotos do Site

carnaval_20...
Image Detail

Visitas desde 2005

Visualizações de conteúdos : 686026
Barragem do Baixo Sabor: o que pode melhorar?